Total de visualizações de página

sábado, 22 de outubro de 2011

Anelado em giz




Anelado em giz





Quero encontrar um amparo na sombra do teu nome,
na vista de um campo, um arbusto.

Quero te amar, ser raro, sem a ronda que come um
artista santo e ver seu lindo busto.

Quero seu apoio pra manter incorporado e feliz e me
alinhar deitado no seu chão.

Não quero ser o joio e nem ser anelado em giz pra
sonhar como coitado sem pão.

Não é minha caneta injusta e irresponsável, queria
arrastá-la só pra esse propósito.

Pra rimar palavras e pensar como é dado lugar a um
sofrimento desnecessário e insólito.

Quem poderia ser o artesão do sofrimento tão rude
que desenhou com uma mão criminosa.

Sou um desmamado de um retrato que esperava
uma musa ou o endereço da rainha manhosa.

Temia um raio vindo da sua mão justiceira e direta.
Mas foi minha caneta que te criou???

Não vou restaurar justiça e me manter sem punição
pois minha mente já atordoou.

Seus vícios também eram gananciosos com pitada de
arrogância, mas deixou lembranças.

Passo a ti meu coração no papel que redijo e assino,
se meu espírito acordar sem caneta te visito na
primavera e quero que namore comigo e me chame
de menino.

Levarei flores e deixarei de ser réu.
Destruirei o tempo que fui fel.

Seguirei guiado pelas minhas veias, independente da
maneira que andares ou se serei uma presa fácil em
sua teia...















O NOVO POETA. (W.Marques).

8 comentários:

Doris Dolly disse...

W.Marques....interesante poema, obliga a pensarlo.

un Beso

BRUMA LILÁS disse...

Belíssimas letras!
bjs Taís V Mariano -Bruma Lilás

Doris Dolly disse...

W.Marques....
Tilda donde dice mi nombre Doris Dolly y ves mi perfil.....luego donde dice Mis blogs

estrellasolita

Paty disse...

Olá, seu blog é muito legal e interessante , belas palavras...

Ótima Semana!!

marciagrega disse...

Olá! Vim retribuir sua visita em um dos meus blogs!
Precisa colocar o aplicativo de "seguidores".
Tenho um blog só de poesias...Também dou os meus pitacos!

♫ ♪ Wilson Miguel ♫ ♪ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
♫ ♪ Wilson Miguel ♫ ♪ disse...

Wilson,

Vi o link do seu blog no Facebook e passei para te fazer uma visita.

Gostei do seu blog e do poema também.

Tenha um dia abençoado.

Parabéns, poeta.

Abraço

♫ ♪ Wilson Miguel ♫ ♪ disse...

Wilson,

Tentei seguir seu blog mas não está visível o painel de seguidores. Volto depois , as vezes acontece isso.